Lugar para criação de textos. Textos para criação de lugares.

Publicações mais recentes

  • para Carolina Bezerra   assim toda história com sangue é escrita me canta a irmã que há sangrado comigo (nos partos dos povos sem parte nos pratos nos gritos das mães que apanham dos paus nas conas infantes que reclamam os pais) e teima dizer NÃO a se safar e embranquecer prefere sangrar junto como cantasse a vez da voz varrida para o uníssono dos recalques e mesmo que não tenhamos vez nem voz molambos na vitória dos assassinos e que num Read More...

  • para o zé luiz e luiza aieta, educadores porretas   as damas dos calhordas chamam-se calhôrdas e cumprem seu dever com muita eficiência  (rubem braga – ode aos calhordas)   I   os homens plantam o que a terra dá colhem em abundância frutos como o caqui a abóbora e o hortelã   às vezes colhem a dura pedra cabralina nos sertões caatinga às vezes colhem as vidas secas gracilianas nos setentriões às vezes euclidianas figuras bíblicas nos casebres de belo monte às vezes lampiônicas marias bonitas   colhem esses Read More...

  • Para Edimilson de Almeida Pereira Para Carolina Barreto   O desvairismo de um a previdência de outra Dão-nos lira e delírio são os tripalia cigarra E os dós de peito formiga a rede do risco Para o trapézio no circo da caixa de fósforos   Saem nossas piruetas em ordem unida Do resguardo de uma e da insânia de outro Como se pudessem versos descarrilar E a vida essa leviana andar nos eixos   Não podem bem o sabemos e assim seja Que é esse o âmago a entranha Read More...

  • as marias pretas com seus carrõessuas prisõessuas botas, fuzis e porradafizeram anna sofrersilenciaram sua voz mas anna viveu ali onde seu povo estavaà sombra distante do amor de amadeo as botinas dos gendarmes paulistasas botinas dos polícias comandos pelo conforto dos paláciospelo conforto do superfaturamento dos transportes públicospelo conforto dos bem nascidos de helicópterossentam porrada e fuzis silenciam as vozes ali bem alià sombra do amor Read More...

  • casanova não casavasó fodia o conojovem e velhodas mulherinhas diderot – esse –só comia as virgens santasdecaídas   um outro gostava era de fodera vida triste das burguesinhas Read More...

TOP

THEME OPTIONS

Header type:
Theme Colors:
Color suggestions *
THEME
* May not have full accuracy!